Tempo de Guerra

Costuma dizer-se que em tempo de guerra não se limpam armas. Pois bem esta guerra que agora combatemos é uma guerra diferente e exige que arrumemos as armas e as guardemos e nos guardemos junto com elas! Tão fácil sermos uns "bravos", basta-nos ficar em casa!

Não é fácil para si nem para mim ficar em casa todo este tempo a ver o movimento dos ponteiros naquele ritmo melancólico, eu sei disso, ainda mais para quem tem uma atividade tão ativa como a nossa: marcar visita, fazer visita, atender telefone, colocar placas, ir a correr para outra visita, etc. Aiiii! Saudade!!!! Quero, queremos todos, sermos donos do nosso tempo e não sermos escravos dele!

Mas não há guerras que sempre durem e a paz vai de novo voltar às nossas vidas e vamos de novo ser chamados de chatos, nunca pensei ter tanta urgência em ouvir alguém ao telefone a dizer-me: " Vocês são uns chatos do caraças, sempre a ligar. Não quero trabalhar com imobiliárias...", possivelmente até você tem saudade de nos chamar chatos quando estamos a desempenhar a nossa função com todo o carinho que ela nos merece. Mas acredite tenho tanta vontade de Vos voltar a chatear, urgência mesmo, diria.

Enquanto isso não acontece quero apenas dizer-lhe que vamos todos continuar por aqui e sim VAMOS TODOS FICAR BEM e quero dizer aos meus clientes, especialmente aos mais velhos, que estou à Vossa inteira  disposição para Vos ajudar naquilo que for preciso: uma ida ao supermercado, à farmácia, etc. Basta que me liguem e podem contar com a minha ajuda!

Posto isto resta-me dizer que agora não é tempo de vender casas mas sim tempo de ficarmos em casa. TODOS! Quanto mais depressa o fizermos mais depressa Vos volto a ouvir chamar-me "chato" embora com a convicção de uma entoação diferente, porque a vida vai ser necessariamente diferente. Possivelmente até para melhor porque o próximo abraço ou o próximo aperto de mão que eu lhe der vai ter tanto mas tanto mais significado.


Bem hajam todos os meus clientes!

Ricardo Marques

966 715 396